Empilhamento de 10 camadas de PCB

FPCB

A MTI é especializada em serviços de fabricação de produtos eletrônicos prontos para uso, fornecendo soluções abrangentes desde a documentação do produto até a entrega de produtos de alta qualidade em todo o mundo.

With a wide range, good quality, reasonable prices and stylish designs, our products are extensively used in automotive electronics .Our products are widely recognized and trusted by users and can meet continuously changing economic and social needs.We welcome new and old customers from all walks of life to contact us for future business relationships and mutual success!

Nome do produto Empilhamento de 10 camadas de PCB
Palavra-chave pcb assembly and production process,china rigid flex electronic pcba,104 keyboard pcb,pcb manufacturer
Local de origem China
Espessura da placa 1~3,2 mm
Setores aplicáveis telecomunicações, etc.
Serviço Fabricação OEM/ODM
Certificado ISO-9001:2015, ISO-14001:2015,ISO-13485:2012.UL/CSA
Cor da máscara de solda Amarelo
Vantagens Mantemos a boa qualidade e o preço competitivo para garantir que nossos clientes se beneficiem
País de vendas All over the world for example:Guatemala,Venezuela,Kenya,Netherlands Antilles,Palau,Guadeloupe

 

Seus produtos são sempre entregues antes do prazo e com a mais alta qualidade.

Temos uma vasta experiência em engenharia para criar um layout usando uma plataforma de software como o Altium Designer. Esse layout mostra a aparência e o posicionamento exatos dos componentes em sua placa.

Um de nossos serviços de projeto de hardware é a fabricação de pequenos lotes, que permite testar sua ideia rapidamente e verificar a funcionalidade do projeto de hardware e da placa PCB.

Guia de perguntas frequentes

1. como o tipo de camadas de sinal (analógico, digital, potência) afeta o projeto da placa de circuito impresso?

As one of the 10 layer pcb stackup market leaders, we are known for innovation and reliability.
O tipo de camadas de sinal em uma PCB (analógica, digital, de potência) pode afetar o projeto de várias maneiras:

1. Roteamento: O tipo de camadas de sinal determinará como os traços serão roteados na placa de circuito impresso. Os sinais analógicos exigem um roteamento cuidadoso para minimizar o ruído e a interferência, enquanto os sinais digitais podem tolerar mais ruído. Os sinais de potência exigem traços mais largos para lidar com correntes mais altas.

2. Aterramento: Os sinais analógicos exigem um plano de aterramento sólido para minimizar o ruído e a interferência, enquanto os sinais digitais podem usar um plano de aterramento dividido para isolar componentes sensíveis. Os sinais de potência podem exigir vários planos de aterramento para lidar com altas correntes.

3. Posicionamento de componentes: O tipo de camadas de sinal também pode afetar o posicionamento dos componentes na placa de circuito impresso. Os componentes analógicos devem ser colocados longe dos componentes digitais para evitar interferência, enquanto os componentes de alimentação devem ser colocados perto da fonte de alimentação para minimizar as quedas de tensão.

4. Integridade do sinal: O tipo de camadas de sinal também pode afetar a integridade do sinal da PCB. Os sinais analógicos são mais suscetíveis a ruídos e interferências, portanto o projeto deve levar isso em conta para garantir a transmissão precisa do sinal. Os sinais digitais são menos sensíveis ao ruído, mas o projeto ainda deve considerar a integridade do sinal para evitar problemas de tempo.

5. EMI/EMC: o tipo de camadas de sinal também pode afetar a interferência eletromagnética (EMI) e a compatibilidade eletromagnética (EMC) da PCB. Os sinais analógicos têm maior probabilidade de causar problemas de EMI/EMC, portanto o projeto deve incluir medidas para reduzir esses efeitos. Os sinais digitais têm menos probabilidade de causar problemas de EMI/EMC, mas o projeto ainda deve considerar esses fatores para garantir a conformidade com as normas.

De modo geral, o tipo de camadas de sinal em uma placa de circuito impresso pode afetar significativamente o projeto e deve ser cuidadosamente considerado para garantir o desempenho e a funcionalidade ideais do circuito.

2.What is impedance control and why is it important in PCBs?

Temos grande autoridade e influência no setor e continuamos a inovar em produtos e modelos de serviço.
O controle de impedância é a capacidade de manter uma impedância elétrica consistente em toda a placa de circuito impresso (PCB). Isso é importante nas placas de circuito impresso porque garante que os sinais possam trafegar pela placa sem distorção ou perda de qualidade.

O controle de impedância é particularmente importante em circuitos digitais e analógicos de alta velocidade, onde até mesmo pequenas variações na impedância podem causar reflexos e distorções no sinal. Isso pode levar a erros na transmissão de dados e afetar o desempenho geral do circuito.

Além disso, o controle da impedância é fundamental para garantir a integridade do sinal e reduzir a interferência eletromagnética (EMI). Ao manter uma impedância consistente, a placa de circuito impresso pode filtrar com eficácia os sinais indesejados e evitar que eles interfiram nos sinais desejados.

De modo geral, o controle de impedância é essencial para obter um desempenho confiável e de alta qualidade em PCBs, especialmente em sistemas eletrônicos complexos e sensíveis. Isso requer um projeto cuidadoso e técnicas de fabricação, como larguras de traço e espaçamento controlados, para atingir os níveis de impedância desejados.

What is impedance control and why is it important in 10 layer pcb stackup?

3. como o posicionamento dos componentes afeta a integridade do sinal em um projeto de PCB?

Prestamos atenção à transformação da proteção da propriedade intelectual e às conquistas da inovação. Para seu projeto de pedido de OEM ou ODM, temos um sistema de confidencialidade completo.
A colocação de componentes desempenha um papel fundamental na determinação da integridade do sinal de um projeto de PCB. O posicionamento dos componentes afeta o roteamento dos traços, o que, por sua vez, afeta a impedância, a diafonia e a integridade do sinal da PCB.

1. Impedância: O posicionamento dos componentes afeta a impedância dos rastros. Se os componentes forem colocados muito distantes uns dos outros, os traços serão mais longos, resultando em uma impedância mais alta. Isso pode levar a reflexões de sinal e à degradação do sinal.

2. Diafonia: A diafonia é a interferência entre dois traços em uma placa de circuito impresso. O posicionamento dos componentes pode afetar a distância entre os traços, o que pode aumentar ou diminuir a diafonia. Se os componentes forem colocados muito próximos uns dos outros, a diafonia entre os traços pode aumentar, levando à distorção do sinal.

3. Roteamento de sinais: O posicionamento dos componentes também afeta o roteamento dos traços. Se os componentes forem colocados de forma a exigir que os traços façam curvas fechadas ou se cruzem, isso pode resultar em degradação do sinal. Isso pode ser evitado colocando-se cuidadosamente os componentes de forma a permitir o roteamento suave e direto dos traços.

4. Aterramento: O aterramento adequado é essencial para manter a integridade do sinal. O posicionamento dos componentes pode afetar o esquema de aterramento da placa de circuito impresso. Se os componentes forem colocados muito longe do plano de aterramento, isso pode resultar em um caminho de retorno mais longo para os sinais, levando a saltos de aterramento e ruídos.

5. Considerações térmicas: O posicionamento dos componentes também pode afetar o desempenho térmico da placa de circuito impresso. Se os componentes que geram muito calor forem colocados muito próximos uns dos outros, isso pode resultar em pontos quentes e afetar o desempenho da PCB.

Para garantir uma boa integridade do sinal, é importante considerar cuidadosamente o posicionamento dos componentes durante o processo de design da PCB. Os componentes devem ser posicionados de forma a minimizar o comprimento do traço, reduzir a diafonia, permitir o roteamento direto dos traços e garantir o aterramento e o gerenciamento térmico adequados.

4) Os PCBs podem ser fabricados com espessuras diferentes?

We operate our 10 layer pcb stackup business with integrity and honesty.
Sim, as PCBs (placas de circuito impresso) podem ser fabricadas com espessuras diferentes. A espessura de uma PCB é determinada pela espessura da camada de cobre e pela espessura do material do substrato. A espessura da camada de cobre pode variar de 0,5 oz a 3 oz, enquanto a espessura do material do substrato pode variar de 0,2 mm a 3,2 mm. As espessuras mais comuns para PCBs são 1,6 mm e 0,8 mm, mas é possível solicitar espessuras personalizadas aos fabricantes de PCBs. A espessura de uma PCB pode afetar sua resistência mecânica, suas propriedades térmicas e seu desempenho elétrico.

Can PCBs be made with different thicknesses?

5.What is testability in PCB design and how is it achieved?

Our 10 layer pcb stackup products undergo strict quality control to ensure customer satisfaction.
A capacidade de teste no projeto de PCB refere-se à facilidade e à precisão com que uma placa de circuito impresso (PCB) pode ser testada quanto à funcionalidade e ao desempenho. É um aspecto importante do projeto de PCB, pois garante que quaisquer defeitos ou problemas com a placa possam ser identificados e resolvidos antes de ser colocada em uso.

A obtenção da capacidade de teste no projeto de PCB envolve a implementação de determinados recursos e técnicas de projeto que facilitam o teste da placa. Esses recursos incluem:

1. Projeto para teste (DFT): Isso envolve o projeto da placa de circuito impresso com pontos de teste e pontos de acesso específicos que permitem testes fáceis e precisos de diferentes componentes e circuitos.

2. Pontos de teste: São pontos designados na placa de circuito impresso onde as sondas de teste podem ser conectadas para medir a tensão, a corrente e outros parâmetros. Os pontos de teste devem ser estrategicamente posicionados para fornecer acesso a componentes e circuitos críticos.

3. Pads de teste: São pequenas almofadas de cobre na placa de circuito impresso usadas para fixar as sondas de teste. Elas devem ser colocadas perto do componente ou circuito correspondente para que o teste seja preciso.

4. Jigs de teste: São ferramentas especializadas usadas para testar PCBs. Elas podem ser feitas sob medida para um projeto específico de PCB e podem melhorar muito a precisão e a eficiência dos testes.

5. Projeto para manufaturabilidade (DFM): Isso envolve projetar a PCB tendo em mente a fabricação e os testes. Isso inclui o uso de componentes padrão, evitando layouts complexos e minimizando o número de camadas para facilitar os testes.

6. Projeto para depuração (DFD): Isso envolve projetar a placa de circuito impresso com recursos que facilitem a identificação e a solução de problemas que possam surgir durante o teste.

De modo geral, a obtenção da capacidade de teste no projeto de PCB requer planejamento cuidadoso e consideração do processo de teste. Ao implementar o DFT, usar pontos e pads de teste e projetar para a capacidade de fabricação e depuração, os projetistas podem garantir que suas PCBs sejam facilmente testáveis e possam ser diagnosticadas com rapidez e precisão quanto a possíveis problemas.

 

Tags:30a pcb , PCB de 1 camada vs. 2 camadas , printed circuit board assembly suppliers