1.6t pcb

Há mais de duas décadas, a MTI se dedica a fornecer serviços abrangentes de fabricação OEM/ODM para clientes em todo o mundo. Com nossa ampla experiência em montagem de PCBs, estabelecemos fortes relações de colaboração com distribuidores autorizados de componentes. Isso nos permite obter todos os componentes necessários a preços competitivos, garantindo uma boa relação custo-benefício para nossos clientes.

Nome do produto 1.6t pcb
Palavra-chave printed circuit board assembly process,1 oz pcb copper thickness,2.4 ghz pcb antenna,prototype printed circuit board assembly,china printed circuit board assembly
Local de origem China
Espessura da placa 1~3,2 mm
Setores aplicáveis nova energia, etc.
Serviço Fabricação OEM/ODM
Certificado ISO-9001:2015, ISO-14001:2015,ISO-13485:2012.UL/CSA
Cor da máscara de solda Preto
Vantagens Mantemos a boa qualidade e o preço competitivo para garantir que nossos clientes se beneficiem
País de vendas All over the world for example:Barbados,Egypt,Mali,Venezuela,Hungary,Estonia,Puerto Rico,Fiji

 

Temos uma vasta experiência em engenharia para criar um layout usando uma plataforma de software como o Altium Designer. Esse layout mostra a aparência e o posicionamento exatos dos componentes em sua placa.

Um de nossos serviços de projeto de hardware é a fabricação de pequenos lotes, que permite testar sua ideia rapidamente e verificar a funcionalidade do projeto de hardware e da placa PCB.

Seus produtos são sempre entregues antes do prazo e com a mais alta qualidade.

Guia de perguntas frequentes

1.What is the minimum distance required between components on a PCB?

We have advanced production equipment and technology to meet the needs of customers, and can provide customers with high quality, low priced 1.6t pcb products.
A distância mínima necessária entre os componentes em uma placa de circuito impresso depende de vários fatores, como o tipo de componentes, seu tamanho e o processo de fabricação usado. Em geral, a distância mínima entre os componentes é determinada pelas regras e diretrizes de projeto do fabricante.

Para componentes de montagem em superfície, a distância mínima entre os componentes é normalmente de 0,2 mm a 0,3 mm. Essa distância é necessária para garantir que a pasta de solda não faça uma ponte entre as almofadas durante o processo de refluxo.

Para componentes com orifício de passagem, a distância mínima entre os componentes é normalmente de 1 mm a 2 mm. Essa distância é necessária para garantir que os componentes não interfiram uns nos outros durante o processo de montagem.

Em aplicações de alta velocidade e alta frequência, a distância mínima entre os componentes pode precisar ser aumentada para evitar interferência de sinal e diafonia. Nesses casos, as regras e diretrizes de projeto do fabricante devem ser seguidas à risca.

Em geral, a distância mínima entre os componentes em uma placa de circuito impresso deve ser determinada com base nos requisitos específicos do projeto e nos recursos do processo de fabricação.

2) Como o tipo de acabamento da placa de circuito impresso afeta sua durabilidade e vida útil?

Tenho um sistema abrangente de serviço pós-venda, que pode prestar atenção às tendências do mercado a tempo e ajustar nossa estratégia em tempo hábil.

O tipo de acabamento da placa de circuito impresso pode ter um impacto significativo na durabilidade e na vida útil de uma placa de circuito impresso. O acabamento é o revestimento final aplicado à superfície da PCB para protegê-la de fatores ambientais e garantir a funcionalidade adequada. Alguns tipos comuns de acabamentos de PCB incluem HASL (Hot Air Solder Leveling), ENIG (Electroless Nickel Immersion Gold) e OSP (Organic Solderability Preservative).

1. HASL (nivelamento de solda por ar quente):
O HASL é um acabamento popular e econômico que envolve o revestimento da PCB com uma camada de solda derretida e, em seguida, o nivelamento com ar quente. Esse acabamento oferece boa soldabilidade e é adequado para a maioria das aplicações. No entanto, não é muito durável e pode ser propenso à oxidação, o que pode afetar o desempenho da placa de circuito impresso ao longo do tempo. O acabamento HASL também tem um prazo de validade limitado e pode exigir retrabalho após um determinado período.

2. ENIG (Electroless Nickel Immersion Gold):
O ENIG é um acabamento mais avançado e durável em comparação com o HASL. Ele envolve a deposição de uma camada de níquel e, em seguida, uma camada de ouro na superfície da placa de circuito impresso. Esse acabamento oferece excelente resistência à corrosão e é adequado para aplicações de alta confiabilidade. O acabamento ENIG também tem uma vida útil mais longa e não exige retrabalho com tanta frequência quanto o HASL.

3. OSP (Organic Solderability Preservative, conservante orgânico de soldabilidade):
OSP é um revestimento orgânico fino aplicado à superfície da placa de circuito impresso para protegê-la da oxidação. É um acabamento econômico e oferece boa soldabilidade. No entanto, o acabamento OSP não é tão durável quanto o ENIG e pode exigir retrabalho após um determinado período. Ele também não é adequado para aplicações de alta temperatura.

Em resumo, o tipo de acabamento da PCB pode afetar sua durabilidade e vida útil das seguintes maneiras:

- Resistência à corrosão: Acabamentos como ENIG e OSP oferecem melhor resistência à corrosão em comparação com HASL, o que pode afetar o desempenho e a vida útil da placa de circuito impresso.
- Prazo de validade: Acabamentos como o ENIG têm uma vida útil mais longa em comparação com o HASL, que pode exigir retrabalho após um determinado período.
- Soldabilidade: Todos os acabamentos oferecem boa soldabilidade, mas ENIG e OSP são mais adequados para aplicações de alta confiabilidade.
- Fatores ambientais: O tipo de acabamento também pode afetar a resistência do PCB a fatores ambientais como umidade, temperatura e produtos químicos, o que pode afetar sua durabilidade e vida útil.

Concluindo, a escolha do tipo certo de acabamento de PCB é fundamental para garantir a durabilidade e a longevidade da PCB. Fatores como a aplicação, as condições ambientais e o orçamento devem ser considerados ao selecionar o acabamento adequado para uma PCB.

Como o tipo de acabamento da PCB afeta sua durabilidade e vida útil?

3) Quais são os diferentes tipos de técnicas de montagem de furos passantes usados em PCBs?

Temos capacidade de produção flexível. Sejam pedidos grandes ou pequenos, é possível produzir e liberar mercadorias em tempo hábil para atender às necessidades dos clientes.
1. Revestimento de orifício passante: Essa é a técnica mais comum de montagem através de orifícios, na qual os orifícios da placa de circuito impresso são revestidos com um material condutor, geralmente cobre, para criar uma conexão entre as camadas da placa.

2. Solda através do orifício: Nessa técnica, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, soldados às almofadas no lado oposto da placa. Isso proporciona uma forte conexão mecânica e boa condutividade elétrica.

3. Rebitagem de furo passante: Nesse método, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, fixados com um rebite ou pino. Esse método é comumente usado para componentes de alta potência ou em aplicações em que a placa pode sofrer altos níveis de vibração.

4. Press-Fit através do orifício: Essa técnica envolve a inserção dos cabos dos componentes nos orifícios revestidos e, em seguida, pressioná-los no lugar usando uma ferramenta especializada. Isso proporciona uma forte conexão mecânica sem a necessidade de solda.

5. Solda por onda através do orifício: Nesse método, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, passam por uma onda de solda derretida, o que cria uma forte junta de solda entre os condutores dos componentes e as almofadas da PCB.

6. Solda por refluxo através de orifício: Essa técnica é semelhante à solda por onda, mas, em vez de passar sobre uma onda de solda derretida, a placa é aquecida em um ambiente controlado para derreter a solda e criar uma junta forte.

7. Solda manual através de orifícios: Esse é um método manual de soldagem em que os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, soldados à mão usando um ferro de solda. Esse método é normalmente usado para produção em pequena escala ou para reparos.

8. Pin-in-Paste através do orifício: Essa técnica envolve a inserção dos cabos dos componentes nos orifícios revestidos e, em seguida, a aplicação de pasta de solda nos orifícios antes da soldagem por refluxo. Isso proporciona uma forte conexão mecânica e boas juntas de solda.

9. Through-Hole Pin-in-Hole: nesse método, os cabos dos componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, dobrados para formar um ângulo reto, criando uma conexão mecânica segura. Esse método é comumente usado para componentes com cabos grandes, como capacitores eletrolíticos.

10. Montagem manual com furo passante: Esse é um método manual de montagem em que os componentes são inseridos nos furos revestidos e, em seguida, fixados com ferramentas manuais, como parafusos ou porcas. Esse método é comumente usado para componentes grandes ou pesados que exigem suporte adicional.

4.What is the difference between single-sided and double-sided PCBs?

Our mission is to provide customers with the best solutions for 1.6t pcb.
As PCBs de um lado têm traços e componentes de cobre em apenas um lado da placa, enquanto as PCBs de dois lados têm traços e componentes de cobre em ambos os lados da placa. Isso permite projetos de circuitos mais complexos e uma maior densidade de componentes em uma PCB de dupla face. Normalmente, as PCBs de um lado são usadas para circuitos mais simples e são mais baratas de fabricar, enquanto as PCBs de dois lados são usadas para circuitos mais complexos e são mais caras de fabricar.

What is the difference between single-sided and double-sided PCBs?

5) Como as placas de circuito impresso lidam com sobrecorrente e curtos-circuitos?

Temos uma equipe de gerenciamento de primeira classe e prestamos atenção ao trabalho em equipe para atingir objetivos comuns.
As PCBs (placas de circuito impresso) têm vários mecanismos para lidar com sobrecorrente e curtos-circuitos:

1. Fusíveis: Os fusíveis são o mecanismo de proteção mais comum usado em PCBs. Eles são projetados para interromper o circuito quando a corrente ultrapassa um determinado limite, evitando danos aos componentes e à placa.

2. Disjuntores: Semelhante aos fusíveis, os disjuntores são projetados para interromper o circuito quando a corrente ultrapassa um determinado limite. Entretanto, diferentemente dos fusíveis, os disjuntores podem ser reiniciados e reutilizados.

3. Dispositivos de proteção contra sobrecorrente: Esses dispositivos, como os diodos de proteção contra sobrecorrente, são projetados para limitar a quantidade de corrente que flui pelo circuito. Eles atuam como uma válvula de segurança, evitando que a corrente excessiva danifique os componentes.

4. Proteção térmica: Algumas placas de circuito impresso têm mecanismos de proteção térmica, como fusíveis térmicos ou cortes térmicos, que são projetados para interromper o circuito quando a temperatura da placa ultrapassa um determinado limite. Isso ajuda a evitar danos à placa e aos componentes devido ao superaquecimento.

5. Proteção contra curto-circuito: As placas de circuito impresso também podem ter mecanismos de proteção contra curto-circuito, como dispositivos de coeficiente de temperatura positiva polimérica (PPTC), que são projetados para limitar a corrente em caso de curto-circuito. Esses dispositivos têm uma alta resistência em temperaturas normais de operação, mas sua resistência aumenta significativamente quando a temperatura aumenta devido a um curto-circuito, limitando o fluxo de corrente.

Em geral, as placas de circuito impresso usam uma combinação desses mecanismos de proteção para lidar com sobrecorrentes e curtos-circuitos, garantindo a segurança e a confiabilidade da placa e de seus componentes.

 

Tags:2.4g pcb antenna,3080 fe pcb,12 pin pcb connector