Placa de circuito impresso de 1,2 mm

Durante mais de duas décadas, a MTI tem-se dedicado a fornecer serviços abrangentes de fabrico OEM/ODM a clientes em todo o mundo. Com a nossa vasta experiência em montagem de PCB, estabelecemos fortes relações de colaboração com distribuidores de componentes autorizados. Isto permite-nos obter quaisquer componentes necessários a preços competitivos, assegurando uma boa relação custo-eficácia para os nossos clientes.

Nome do produto Placa de circuito impresso de 1,2 mm
Palavra-chave 10 layer pcb fabrication,1.6mm pcb stackup,2.4 ghz pcb antenna design,pcb fab,16 layer pcb stackup
Local de origem China
Espessura da placa 2~3,2mm
Sectores aplicáveis consumer electronics, etc.
Serviço Fabrico OEM/ODM
Certificado ISO-9001:2015, ISO-14001:2015,ISO-13485:2012.UL/CSA
Cor da máscara de solda Vermelho
Vantagem Mantemos a boa qualidade e o preço competitivo para garantir o benefício dos nossos clientes
País de vendas All over the world for example:Guam,Liechtenstein,Uzbekistan,Svalbard,Qatar,Trinidad and Tobago

 

Um dos nossos serviços de conceção de hardware é o fabrico de pequenos lotes, que lhe permite testar rapidamente a sua ideia e verificar a funcionalidade da conceção de hardware e da placa PCB.

Os seus produtos são sempre entregues antes do prazo e com a melhor qualidade.

Temos uma vasta experiência em engenharia para criar um esquema utilizando uma plataforma de software como o Altium Designer. Este layout mostra-lhe o aspeto exato e a colocação dos componentes na sua placa.

Guia de FAQs

1.Can PCBs have multiple power planes?

We maintain a stable growth through reasonable capital operations, focus on industry development trends and cutting -edge technologies, and focus on product quality and safety performance.
Yes, PCBs can have multiple power planes. Power planes are layers of copper on a PCB that are used to distribute power and ground signals throughout the board. Multiple power planes can be used to provide different voltages or to separate sensitive analog signals from noisy digital signals. They can also be used to increase the current carrying capacity of the board. The number and arrangement of power planes on a PCB will depend on the specific design requirements and can vary greatly.

2) Qual é a distância mínima necessária entre os componentes de uma placa de circuito impresso?

We have advanced production equipment and technology to meet the needs of customers, and can provide customers with high quality, low priced 1.2mm pcb products.
A distância mínima necessária entre os componentes de uma placa de circuito impresso depende de vários factores, como o tipo de componentes, a sua dimensão e o processo de fabrico utilizado. Geralmente, a distância mínima entre os componentes é determinada pelas regras e directrizes de conceção do fabricante.

Para componentes de montagem em superfície, a distância mínima entre componentes é tipicamente de 0,2 mm a 0,3 mm. Esta distância é necessária para garantir que a pasta de solda não faça ponte entre as almofadas durante o processo de refluxo.

Para componentes com orifícios de passagem, a distância mínima entre componentes é normalmente de 1mm a 2mm. Esta distância é necessária para garantir que os componentes não interferem uns com os outros durante o processo de montagem.

Em aplicações de alta velocidade e alta frequência, a distância mínima entre os componentes pode ter de ser aumentada para evitar interferências de sinal e diafonia. Nestes casos, as regras e directrizes de conceção do fabricante devem ser seguidas à risca.

Em geral, a distância mínima entre os componentes de uma placa de circuito impresso deve ser determinada com base nos requisitos específicos do projeto e nas capacidades do processo de fabrico.

3.How do PCBs support the integration of different electronic components?

We actively participate in the 1.2mm pcb industry associations and organization activities. The corporate social responsibility performed well, and the focus of brand building and promotion.
As PCB (placas de circuitos impressos) são essenciais para a integração de diferentes componentes electrónicos em dispositivos electrónicos. Fornecem uma plataforma para ligar e suportar os vários componentes, permitindo-lhes trabalhar em conjunto sem problemas. Eis algumas das formas como as placas de circuito impresso apoiam a integração de diferentes componentes electrónicos:

1. Ligações eléctricas: As placas de circuito impresso têm uma rede de traços de cobre que ligam os diferentes componentes electrónicos da placa. Estes traços funcionam como condutores, permitindo que a eletricidade circule entre os componentes e que estes comuniquem e trabalhem em conjunto.

2. Superfície de montagem: As placas de circuito impresso proporcionam uma superfície de montagem estável e segura para os componentes electrónicos. Os componentes são soldados na placa, assegurando que estão firmemente fixados e que não se deslocam nem se soltam durante o funcionamento.

3. Poupança de espaço: As placas de circuito impresso são concebidas para serem compactas e pouparem espaço, permitindo a integração de múltiplos componentes numa única placa. Isto é especialmente útil em pequenos dispositivos electrónicos em que o espaço é limitado.

4. Personalização: As placas de circuito impresso podem ser personalizadas para acomodar diferentes tipos e tamanhos de componentes electrónicos. Isto permite flexibilidade no design e a integração de uma vasta gama de componentes, facilitando a criação de dispositivos electrónicos complexos.

5. Encaminhamento de sinais: As placas de circuito impresso têm várias camadas, sendo cada camada dedicada a uma função específica. Isto permite um encaminhamento eficiente dos sinais entre os componentes, reduzindo as interferências e garantindo que os componentes possam comunicar eficazmente.

6. Distribuição de energia: As placas de circuito impresso têm planos de potência dedicados que distribuem a energia pelos diferentes componentes da placa. Isto garante que cada componente recebe a quantidade de energia necessária, evitando danos e assegurando um funcionamento correto.

7. Gestão térmica: As placas de circuito impresso desempenham também um papel crucial na gestão do calor gerado pelos componentes electrónicos. Têm camadas de cobre que actuam como dissipadores de calor, dissipando-o e evitando o sobreaquecimento dos componentes.

Em resumo, as placas de circuito impresso constituem uma plataforma robusta e eficiente para a integração de diferentes componentes electrónicos. Permitem que os componentes trabalhem em conjunto sem problemas, garantindo o bom funcionamento dos dispositivos electrónicos.

4.What are the different types of through-hole mounting techniques used in PCBs?

Dispomos de uma capacidade de produção flexível. Quer se trate de grandes encomendas ou de pequenas encomendas, é possível produzir e libertar mercadorias em tempo útil para satisfazer as necessidades dos clientes.
1. Revestimento de orifícios: Esta é a técnica mais comum de montagem através de orifícios, em que os orifícios da placa de circuito impresso são revestidos com um material condutor, normalmente cobre, para criar uma ligação entre as camadas da placa.

2. Soldadura através de orifícios: Nesta técnica, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e depois soldados às almofadas no lado oposto da placa. Isto proporciona uma forte ligação mecânica e uma boa condutividade eléctrica.

3. Rebitagem de furos passantes: Neste método, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e depois fixados com um rebite ou cavilha. Este método é normalmente utilizado para componentes de alta potência ou em aplicações em que a placa pode sofrer níveis elevados de vibração.

4. Press-Fit através do orifício: Esta técnica consiste em inserir os cabos dos componentes nos orifícios revestidos e, em seguida, pressioná-los no lugar utilizando uma ferramenta especializada. Isto proporciona uma forte ligação mecânica sem necessidade de soldadura.

5. Soldadura por onda através de orifício: Neste método, os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e, em seguida, passados sobre uma onda de solda fundida, o que cria uma forte junta de solda entre os condutores dos componentes e as almofadas da placa de circuito impresso.

6. Soldadura de refluxo através de orifícios: Esta técnica é semelhante à soldadura por onda, mas em vez de passar por cima de uma onda de solda derretida, a placa é aquecida num ambiente controlado para derreter a solda e criar uma junta forte.

7. Soldadura manual através de orifícios: Trata-se de um método manual de soldadura em que os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e depois soldados à mão com um ferro de soldar. Este método é normalmente utilizado para a produção em pequena escala ou para reparações.

8. Pin-in-Paste através do furo: Esta técnica consiste em inserir os cabos dos componentes nos orifícios revestidos e, em seguida, aplicar pasta de solda nos orifícios antes da soldadura por refluxo. Isto proporciona uma forte ligação mecânica e boas juntas de soldadura.

9. Through-Hole Pin-in-Hole: Neste método, os cabos dos componentes são inseridos nos orifícios revestidos e depois dobrados para formar um ângulo reto, criando uma ligação mecânica segura. Este método é normalmente utilizado para componentes com cabos grandes, como condensadores electrolíticos.

10. Montagem manual através de orifícios: Trata-se de um método de montagem manual em que os componentes são inseridos nos orifícios revestidos e depois fixados com ferramentas manuais, como parafusos ou porcas. Este método é normalmente utilizado para componentes grandes ou pesados que requerem apoio adicional.

5.What are the key features of a PCB?

Estamos empenhados em fornecer soluções personalizadas e estabelecemos relações estratégicas de cooperação a longo prazo com os clientes.
1. Substrato: O material de base sobre o qual o circuito é impresso, geralmente feito de fibra de vidro ou epóxi composto.

2. Traços condutores: Linhas finas de cobre que ligam os componentes na placa de circuito impresso.

3. Almofadas: Pequenas áreas de cobre na superfície da placa de circuito impresso onde os componentes são soldados.

4. Vias: Furos efectuados na placa de circuito impresso para ligar as diferentes camadas do circuito.

5. Máscara de solda: Uma camada de material protetor que cobre os traços e as almofadas de cobre, evitando curto-circuitos acidentais.

6. Serigrafia: Uma camada de tinta que é impressa na placa de circuito impresso para rotular os componentes e fornecer outras informações úteis.

7. Componentes: Dispositivos electrónicos, tais como resistências, condensadores e circuitos integrados, que são montados na placa de circuito impresso.

8. Furos de montagem: Furos efectuados na placa de circuito impresso para permitir a sua fixação segura a um dispositivo ou caixa de maiores dimensões.

9. Derrame de cobre: Grandes áreas de cobre que são utilizadas para fornecer um plano de terra ou de potência comum para o circuito.

10. Conectores de borda: Contactos metálicos na extremidade da placa de circuito impresso que permitem a sua ligação a outros circuitos ou dispositivos.

11. Pontes de solda: Pequenas áreas de cobre exposto que permitem a ligação de dois ou mais traços.

12. Pontos de teste: Pequenas almofadas ou orifícios na placa de circuito impresso que permitem o teste e a resolução de problemas do circuito.

13. Legenda da serigrafia: Texto ou símbolos impressos na camada de serigrafia que fornecem informações adicionais sobre a placa de circuito impresso e os seus componentes.

14. Designadores: Letras ou números impressos na camada de serigrafia para identificar componentes específicos na placa de circuito impresso.

15. Designadores de referência: Uma combinação de letras e números que identificam a localização de um componente na placa de circuito impresso de acordo com o diagrama esquemático.

What are the key features of a PCB?

6.How does the type of PCB connection (wired or wireless) impact its design and features?

Os nossos produtos e serviços abrangem uma vasta gama de áreas e satisfazem as necessidades de diferentes domínios.
O tipo de ligação da placa de circuito impresso, com ou sem fios, pode ter um impacto significativo na conceção e nas características da placa de circuito impresso. Algumas das principais formas em que o tipo de ligação pode afetar a conceção e as características da placa de circuito impresso são

1. Tamanho e fator de forma: As placas de circuito impresso com fios exigem normalmente conectores e cabos físicos, o que pode aumentar o tamanho total e o fator de forma da placa de circuito impresso. Por outro lado, as placas de circuito impresso sem fios não necessitam de conectores e cabos físicos, o que permite um design mais pequeno e compacto.

2. Consumo de energia: As placas de circuito impresso com fios requerem um fornecimento constante de energia para funcionarem, ao passo que as placas de circuito impresso sem fios podem funcionar com bateria. Isto pode ter impacto no consumo de energia e na duração da bateria do dispositivo, o que, por sua vez, pode afetar a conceção geral e as características da placa de circuito impresso.

3. Flexibilidade e mobilidade: As placas de circuito impresso sem fios oferecem maior flexibilidade e mobilidade, uma vez que não têm ligações físicas que restrinjam o movimento. Este facto pode ser vantajoso em aplicações em que o dispositivo tem de ser deslocado ou utilizado em locais diferentes.

4. Velocidade de transferência de dados: As placas de circuito impresso com fios têm normalmente velocidades de transferência de dados mais rápidas do que as placas de circuito impresso sem fios. Este facto pode ter impacto na conceção e nas características da placa de circuito impresso, dado que certas aplicações podem exigir uma transferência de dados a alta velocidade.

5. Custo: O tipo de ligação também pode ter impacto no custo da placa de circuito impresso. As placas de circuito impresso com fios podem exigir componentes adicionais, como conectores e cabos, o que pode aumentar o custo global. As placas de circuito impresso sem fios, por outro lado, podem exigir tecnologia e componentes mais avançados, o que as torna mais caras.

6. Fiabilidade: As placas de circuito impresso com fios são geralmente consideradas mais fiáveis, uma vez que têm uma ligação física, que é menos propensa a interferências ou perda de sinal. As PCB sem fios, por outro lado, podem ser mais susceptíveis a interferências e perda de sinal, o que pode afetar a sua fiabilidade.

De um modo geral, o tipo de ligação da placa de circuito impresso pode ter um impacto significativo na conceção e nas características da placa de circuito impresso, pelo que é importante considerar cuidadosamente os requisitos específicos da aplicação ao escolher entre ligações com e sem fios.

7.How does the type of solder mask used affect the PCB’s performance?

We have broad development space in domestic and foreign markets. 1.2mm pcbs have great advantages in terms of price, quality, and delivery date.
O tipo de máscara de solda utilizada pode afetar o desempenho da placa de circuito impresso de várias formas:

1. Isolamento: A máscara de solda é utilizada para isolar os traços de cobre de uma placa de circuito impresso, evitando que entrem em contacto uns com os outros e provoquem um curto-circuito. O tipo de máscara de solda utilizada pode afetar o nível de isolamento fornecido, o que pode ter impacto na fiabilidade e funcionalidade globais da placa de circuito impresso.

2. Soldabilidade: A máscara de solda também desempenha um papel crucial no processo de soldadura. O tipo de máscara de solda utilizada pode afetar a tensão superficial e as propriedades de molhagem da solda, o que pode ter impacto na qualidade das juntas de solda e na fiabilidade global da placa de circuito impresso.

3. Resistência térmica: A máscara de solda pode também atuar como uma barreira térmica, protegendo a placa de circuito impresso do calor excessivo. O tipo de máscara de solda utilizado pode afetar a resistência térmica da placa de circuito impresso, o que pode ter impacto na sua capacidade de dissipar o calor e no seu desempenho térmico global.

4. Resistência química: A máscara de solda é também exposta a vários produtos químicos durante o processo de fabrico da placa de circuito impresso, como o fluxo e os agentes de limpeza. O tipo de máscara de solda utilizado pode afetar a sua resistência a estes produtos químicos, o que pode ter impacto na durabilidade e fiabilidade globais da placa de circuito impresso.

5. Propriedades eléctricas: O tipo de máscara de solda utilizada pode também afetar as propriedades eléctricas da placa de circuito impresso, como a sua constante dieléctrica e o seu fator de dissipação. Estas propriedades podem afetar o desempenho dos circuitos de alta frequência e a integridade do sinal.

Em geral, o tipo de máscara de solda utilizado pode ter um impacto significativo no desempenho, fiabilidade e durabilidade de uma placa de circuito impresso. É essencial selecionar cuidadosamente a máscara de solda adequada para uma aplicação específica, a fim de garantir um desempenho ótimo.

8.What are the factors to consider when choosing the right PCB material for a specific application?

We are centered on customers and always pay attention to customers’ needs for 1.2mm pcb products.
1. Electrical properties: The electrical properties of the PCB material, such as dielectric constant, loss tangent, and insulation resistance, should be carefully considered to ensure optimal performance for the specific application.

2. Thermal properties: The thermal conductivity and coefficient of thermal expansion of the PCB material are important factors to consider, especially for applications that require high power or operate in extreme temperatures.

3. Mechanical properties: The mechanical strength, stiffness, and flexibility of the PCB material should be evaluated to ensure it can withstand the physical stresses and strains of the application.

4. Chemical resistance: The PCB material should be resistant to any chemicals or solvents that it may come into contact with during its use.

5. Cost: The cost of the PCB material should be considered, as it can vary significantly depending on the type and quality of the material.

6. Availability: Some PCB materials may be more readily available than others, which can affect production timelines and costs.

7. Manufacturing process: The chosen PCB material should be compatible with the manufacturing process, such as etching, drilling, and plating, to ensure efficient and reliable production.

8. Environmental factors: The application environment, such as humidity, moisture, and exposure to UV light, should be taken into account when selecting a PCB material to ensure it can withstand these conditions.

9. Signal integrity: For high-frequency applications, the PCB material should have low signal loss and good signal integrity to prevent interference and ensure accurate signal transmission.

10. RoHS compliance: If the application requires compliance with environmental regulations, such as the Restriction of Hazardous Substances (RoHS) directive, the PCB material should be chosen accordingly.

 

Etiquetas:placa de circuito impresso de 120 mm,3018 pcb,100 pçs,1.6mm pcb stackup